Voltar

IMPRENSA NACIONAL COMEMORA 207 ANOS

Na celebração de seus 207 anos, a Imprensa Nacional premiou os vencedores do 17º Concurso Nacional Museu da Imprensa em movimentada solenidade no auditório D. João VI. Lotado por estudantes, professores, dirigentes de educandários e com a presença de servidores e pessoal de apoio da Imprensa Nacional, o auditório foi palco uma vez mais de tributo à educação e à cultura.
 
 

13 de maio de 2015

Na celebração de seus 207 anos,  a Imprensa Nacional premiou os vencedores do 17º Concurso Nacional Museu da Imprensa em movimentada solenidade no auditório D. João VI. Lotado por estudantes, professores, dirigentes de educandários e com a presença de servidores e pessoal de apoio da Imprensa Nacional, o auditório foi palco uma vez mais de tributo à educação e  à cultura.

A passagem dos 207 anos da Instituição e dos 33 anos do Museu da Imprensa foram objeto do pronunciamento do diretor-geral Fernando Tolentino de Sousa Vieira. “Esse é um momento de entusiasmo para a gente”, observou, lembrando os pioneirismos da Imprensa Nacional, como primeira indústria gráfica e primeira casa  editora do País.

LITOGRAFIA —  Outro ponto alto do dia festivo da Imprensa Nacional foi da entrega oficial de pedra litográfica ao Museu da Imprensa por parte do empresário catarinense Osvaldo Luciani, que, após ter assinado com Fernando Tolentino o termo de doação,  agradeceu ao empresário gráfico de Blumenau, Santa Catarina,  Luiz Mario Guedes Villar, o doador dessa valiosa peça gráfica.

“A beleza da arte gráfica sempre fica”, afirmou Osvaldo Luciani, após ter citado a crise pela qual passa o setor gráfico em função do vertiginoso progresso das novas tecnologias, especialmente a digital. “Essa é uma pedra já muito rara. Quando visitei o Museu da Imprensa, ano passado, senti a ausência dela no acervo. E graças a Luiz Mario Guedes Villar, da Litografia Continental Eireli Ltda. Conseguimos”, contou o vice-presidente da Associação Brasileira da Indústria Gráfica (Abigraf), seccional de Santa Catarina,  e há 42 anos industrial gráfico.